Página do Adorável Noite no Facebook

07/11/13

Dia 08 de novembro - O espetáculo Nosferatu


Dia 08 de novembro - O espetáculo Nosferatu, com os atores Cléo De Páris e Eric Lenate,reabre as Sessões Malditas do Espaço dos Satyros, sextas e sábados, à meia-noite


Nosferatu,
montagem de Fabio Mazzoni, com os atores Cléo De Páris e Eric Lenate, reabre as Sessões Malditas do Espaço dos Satyros,
sextas e sábados, à meia-noite

De 08 de novembro a 14 de dezembro

Depois das apresentações no Sesc Consolação, o espetáculo Nosferatu (direção de Fabio Mazzoni, com os atores Cléo De Páris e Eric Lenate ) dá continuidade à temporada em Sessões Malditas, sextas e sábados, à meia-noite, no Espaço dos Satyros 1, na Praça Roosevelt.

O tenebroso personagem Nosferatu - do grego Nosophoros, o portador da peste - e o significado mítico da fábula do vampiro bebedor de sangue humano ganham nesta montagem enfoques distintos. A narrativa se desenvolve a partir de fragmentos de uma noite no calabouço de um castelo medieval e dos momentos de delírio de uma mulher tomada por uma espécie de possessão demoníaca. É sob essa atmosfera obscura, mergulhada num profundo e solitário crepúsculo, que a história é conduzida.

O texto é baseado nos escritos do blog Pueril, que a atriz Cléo De Páris mantém com sucesso desde 2006, no qual versa sobre questões contemporâneas e procura expressar o dilaceramento de seu universo íntimo.
“Seus escritos contemplam questões do cotidiano com um lirismo atemporal e, por vezes, místico, que extrapola a contemporaneidade e visita outras épocas do sentimento humano”, diz Fabio Mazzoni, que, após várias experiências com teatro-dança, estreia na direção de um espetáculo com texto.  É também o primeiro trabalho, em dez anos, da atriz Cléo De Páris – responsável pela dramaturgia com Mazzoni – fora do grupo Os Satyros.

“Há uma beleza quase inaceitável na perplexidade do horror. Não é fácil se aproximar desse tipo de beleza, horrível e fascinante ao mesmo tempo. Nessa delicada equação poética, a barbárie de um ser das trevas vai lentamente eclodindo até encontrar um furtivo reflexo na contemporaneidade”, acrescenta Mazzoni.

A exemplo do que fez em “Amor Fati” (espetáculo de teatro-dança de 2005), Mazzoni utiliza apenas velas na iluminação. “A diferença é que lá eu usava quase cem quilos de velas por apresentação. Agora são pouquíssimas. Há cenas que são iluminadas apenas por uma vela, o que força a plateia e se concentrar ainda mais e acostumar suas pupilas à fraca luminosidade de alguns momentos. O espaço cênico é milimetricamente estudado e as velas são instaladas nos locais e alturas específicos para acentuar a atmosfera das cenas”, explica o diretor. “Além disso, a luz da vela tem um simbolismo muito propício para o tema do trabalho. Todas as cenas foram criadas a partir das sensações que a luz propiciou”, completa.

Corroborando para criar a atmosfera de mistério e terror do espetáculo, iluminação e trilha sonora provocam na plateia uma experiência sensorial e cumprem uma função narrativa importantíssima, direcionando a emoção do público. “A trilha e a iluminação nasceram junto às cenas. Sem a trilha e sem a luz, Nosferatu não existiria”, afirma. O diretor também fez uma pesquisa abrangente sobre resinas aromáticas para chegar ao “cheiro” deste trabalho e propiciar diferentes sensações.

Sugestão de Sinopse:
Na profunda e solitária escuridão de um calabouço, ecoam as litanias e os delírios amorosos de uma mulher contaminada pela mordida de um vampiro.

Ficha Técnica:
Direção: Fabio Mazzoni
Intérpretes: Cléo De Páris e Eric Lenate
Textos: Cléo De Páris
Figurino: Angela Coelho da Fonseca
Iluminação e trilha sonora: Fabio Mazzoni
Espaço cênico: Fabio Mazzoni e Eric Lenate
Fotografia: André Stéfano
Cenotécnico: José da Hora
Produção: ABX Produções

Serviço:
Onde: Espaço dos Satyros 1 (pça. Franklin Roosevelt, 214, Centro, tel. 3258-6345)
Estreia: Dia 08 de novembro, sexta-feira, à meia-noite
Temporada: Até 14 de dezembro. Sextas e sábados, à meia-noite
Duração: 60 minutos.
Recomendação etária: 16 anos
Preços: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada)
Lotação: 40 lugares


Minibios:

Fabio Mazzoni é ator, produtor e diretor teatral. Pertenceu ao Grupo Macunaíma, do diretor Antunes Filho, entre 1995 e 2001. Logo após, entre 2001 e 2005, foi diretor assistente do diretor Gabriel Villela. A partir daí, em parceria principalmente com artistas ligados à dança, começou sua pesquisa estética. Focado na experimentação, estreou “Amor Fati”, seu primeiro espetáculo como diretor de teatro-dança, interpretado pela bailarina Jacqueline Gimenes e coreografado por Mário Nascimento: “Tomara que essa parceria inaugure um processo que os impulsione, pois quando se lembra que Amor Fati representa somente um primeiro resultado, percebe-se o quanto ele já é sólido” (Helena Katz, O Estado de S. Paulo). Entre 2006 e 2007, realizou, entre outros projetos, a direção cênica da récita “Madrigal Crescendo”, do Maestro Diogo Pacheco, “Fragmentos Mozartianos”, para a Cia. 2 do Balé da Cidade de São Paulo e “Wotan”, sua primeira parceria com o coreógrafo Sandro Borelli. Em seguida criou “Hagoromo, o Manto de Plumas”, que recebeu o Prêmio APCA de Melhor Concepção de Dança de 2008, interpretado pela bailarina de butô Emilie Sugai:“Obra que promove aquela operação difícil de ser descrita, e que só a arte, quando dá muito certo, consegue realizar (...). A sutileza e o requinte balizam tudo o que esse Hagoromo envolve.” (Helena Katz, O Estado de São Paulo). Retomando a parceria com Sandro Borelli, criou “Welcome to the Machine” e um segundo solo para Jacqueline Gimenes chamado “Procurando Schubert”: “Para sobreviver nesse mundo apresentado por Mazzoni, a visão deve se transformar em tato (...). Procurando Schubert tem direção coreográfica de Sandro Borelli, habitual parceiro do percurso de Mazzoni na dança (...). A sintonia que ambos vem construindo encontra aqui um ajuste perfeito entre concepção e realização na forma de movimento” (Helena Katz, O Estado de São Paulo). Seu mais recente trabalho como diretor foi o espetáculo “O Último Stand Up”, também coreografado por Sandro Borelli e com a participação do ator Ivam Cabral,da Cia. Os Satyros.

Cléo De Páris é também jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS). Iniciou sua trajetória como atriz na Cia. das Índias, de Porto Alegre. Já em São Paulo, em 2003, atuou no espetáculo “Corações Partidos e Contemplação de Horizontes”, texto de Dionísio Neto com direção de Renata Jesion. Ainda em 2003, cursou o CPT – Centro de Pesquisa Teatral do SESC, sob a coordenação de Antunes Filho. No cinema, atuou em diversos longas, médias e curtas-metragens, com destaque para “Encarnação do Demônio”, de 2008, com direção de José Mojica Marins, “Carnaval”, de 2001, com direção de Bruno Vianna, “Tolerância”, de 1999, com direção de Carlos Gerbase, “Nocturno”, de 1998, com direção de Dennison Ramalho e “A Vida do Outro”, de 1997, com direção coletiva dos alunos de Cinema da PUC/RS. Por este trabalho, Cléo recebeu o Kikito de Melhor Atriz em curtas e médias-metragens no Festival de Cinema de Gramado de 1998. Na televisão, em 2008, fez o telefilme “A Noiva” e, em 2009, a minissérie “Além do Horizonte”, ambos pelo projeto “Direções” da TV Cultura e com direção de Rodolfo García Vázquez. Há dez anos é integrante da Cia. Os Satyros. Participou das seguintes montagens do grupo: "A Filosofia na Alcova", "Cosmogonia", "A Vida na Praça Roosevelt", "Inocência", "Divinas Palavras", "O Dia das Crianças", "Vestido de Noiva", "Liz", "Roberto Zucco", "Cansei de Tomar Fanta", "Cabaret Stravaganza" e "A Nossa Gata Preta e Branca". Fora dos palcos, coordena o Programa Kairós da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. Atualmente está em processo de ensaios para a nova montagem d’Os Satyros, “Édipo na Praça”, que tem estreia marcada para 16 de agosto.

Eric Lenate profissionalizou-se em 2004 pelo SATED. Ingressou no CPT - Centro de Pesquisa Teatral do SESC em 2005, sob a coordenação de Antunes Filho. Em quatro anos de CPT, integrou do Núcleo de Cenografia e atuou nas seguintes montagens do Grupo Macunaíma: "O Canto de Gregório", "A Pedra do Reino" e "Senhora dos Afogados". Em 2006, com a criação de Antunes de um novo programa de estudos, passou a desenvolver seu trabalho como diretor. Sua estreia profissional se deu em 2008 com a peça "O Céu 5 minutos antes da tempestade". Bem aceito por público e crítica, foi nomeado para diversos prêmios, entre eles Prêmio Qualidade Brasil 2008 de Melhor Espetáculo. Em 2009 Lenate dá seguimento ao seu trabalho como diretor independente. Neste ano dirigiu "Natureza Morta" e "Celebração", esta última premiada no 13º Cultura Inglesa Festival como Melhor Espetáculo. Em 2011, dirigiu, cenografou e iluminou o espetáculo "Limpe todo o sangue antes que manche o carpete", projeto com a Cia. dos Inquietos. Em 2012, foi diretor e cenógrafo da peça "Um Verão Familiar", mais uma realização em parceria com a Cia. dos Inquietos. Ainda em 2012, assina a direção e a cenografia do espetáculo "Rabbit", projeto com a Companhia Delas de Teatro. Este trabalho foi indicado ao Prêmio Shell 2012 de Melhor Figurino e aos Prêmios CPT 2012 de Melhor Espetáculo e Melhor Direção. Realizou dois trabalhos como ator, em parceria com o diretor Zé Henrique de Paula: "Sideman", em 2010 e "No coração do mundo", em 2012/13. Por este trabalho recebeu o Prêmio R7 de Teatro 2012 de Melhor Ator. Lenate foi ainda indicado ao Prêmio Shell 2012 na Categoria Especial pela “força performativa de seus experimentos".


30/10/13

Colaboração para o novo Fanzine Adorável Noite 36

Olá Pessoal, 
Drácula Voltou com tudo e o Fanzine do Adorável Noite também. Então mande sua colaboração com os seus contos, poemas e ilustrações para a próxima edição "36" mês: novembro" (pois o número anterior 35 foi um sucesso e a versão impressa acabou rápido, e na versão digital já passou de 100 downloads :-D). Envie seu trabalho para o meu e-mail: siqueira.adriano@gmail.com com o assunto (fanzine adorável noite 36)
Obrigado todos que adquiriram seus exemplares em versão digital ou impressão de papel. Fico muito agradecido com a divulgação e colaboração de sempre. \o/


Quem ainda não tem o fanzine 35 pegue aqui neste link:

Ah... Não podia terminar a mensagem sem a minha famosa despedida. 

"Abraços e tenham todos uma Adorável Noite" \o/

Adriano Siqueira

07/10/13

evento - Humor e medo com a benção de Tio Edgar -


página do evento no facebook:
https://www.facebook.com/events/736682706361384/?ref_newsfeed_story_type=regular


Ademir Pascale, organizador da antologia "Nevermore - Contos Inspirados em Edgar Allan Poe", bate um papo com os leitores e fala sobre a vida e obra de Edgar Allan Poe.

Na sequência, Adriano Siqueira traz curiosidades sobre obras de suspense e o terror, dos quadrinhos ao cinema, passando pela deliciosa mistura do humor com terror, que é tema do segundo livro apresentado no evento: "Terrir".

A obra em formato especial, organizada por Marcelo Amado, com a participação de autores brasileiros e portugueses, traz uma série de contos e quadrinhos temperados com muito humor e o mais puro clichê do gênero de horror.

Para completar o lançamento triplo, a HQ "Domingo, Sangrento Domingo", com roteiro de Romeu Martins e arte de Victor Vic, com uma história de ambição, terror e traição.

Rua Sena Madureira, 298 - Vila Mariana, São Paulo SP

06/10/13

Novo Fanzine Adorável Noite 35 - Disponível para Download.

Fanzine Adorável Noite de outubro 2013 - disponível para download


Está disponível para download o novo Fanzine Adorável Noite número 35 do mês de outubro de 2013 - O Fanzine Adorável Noite foi criado por Adriano Siqueira - siqueira.adriano@gmail.com e é dedicado ao público que aprecia contos de vampiros e terror. O primeiro número foi criado em 2001 parou de ser produzido em 2009 e voltou neste mês com novos contos. Até hoje ainda é um fanzine muito apreciado para quem gosta de literatura fantástica e criaturas noturnas. Neste fanzine você também descobre como participar dos próximos números.

baixe aqui: http://www.overmundo.com.br/banco/fanzine-adoravel-noite-35


Nesta edição temos a participação dos seguintes autores abaixo:

Mestiça
Elenice Netto

Insano 
Helio Flavio

Marcas no Pescoço
Alvaro Domingues 

Segredos
Huevillyn Cipriano Romão

Vamps
Renato A. Azevedo

Daniel nos braços da vampira
Andréa Costa

Sujo de Sangue
Victório Anthony

O sombrio poder da eternidade
Stefany Albuquerque

Foto da capa - Rosana Raven

Algumas respostas sobre o Fanzine Adorável Noite. 

Terá versão impressa?
Sim (200 exemplares) e será entregue em vários outros eventos até o final do ano.

Qual o intervalo de tempo entre um fanzine e outro?
3 meses.

O fanzine vai ter só contos de vampiros? 
Pode ser de terror em geral que inclui FC de terror e vampiros, História em quadrinhos. Tiras cômicas, Ilustração e fotos produzidas para capa ou dentro (de vampiros)

Posso imprimir por conta própria?
Sim pois eu tenho versão para impressão é só pedir o Arquivo PDF e envio para distribuir na sua cidade como era feito por alguns amigos nos fanzines anteriores. 


Obrigado pela colaboração de todos e tenham uma Adorável Noite. 

Adriano Siqueira
http://contosdevampiroseterror.blogspot.com.br/

26/08/13

livro lançamento "Do Real ao Imaginário" autora Debora Gimenes



Em todos estes anos os autores nacionais sobre contos de terror e vampiros tem impressionado cada vez mais e estão se destacando na mídia e nos blogs nacionais sobre literatura.  Isso tem aberto o espaço para mais autores conhecidos se destacarem com seus livros solos. É o caso da Debora Gimenes (que usava seu pseudônimo Debby Lenon) que vem crescendo junto com muitos autores conhecidos. Ela está lançando agora o seu primeiro livro solo “Do Real ao Imaginário” Editora Navras Digital.
veja mais sobre este novo livro abaixo e recomendo a obra.
abraços e tenham uma adorável noite. 
Adriano Siqueira



“Do Real ao Imaginário”, primeiro livro de contos da escritora paulista Debora Gimenes. O livro será lançado oficialmente no dia 25 de setembro na Filmar em Fortaleza – CE. A Capa foi produzida por Eddy Khaos e o prefácio feito por Sandra Franzoso.
Os livros seguiram autografados pelo correio após o término da pré-venda 

Sinopse - Do Real ao Imaginário é um livro que reúne contos sobre lendas. Um tema atrativo para muitas pessoas. Real e imaginário são dois pontos equidistantes, mas possuem uma ligação. Quando ambos se encontram, podem levá-lo a um mundo completamente fantástico e particular.
Conheça o mistério da Mulher de Branco, uma alma penada capaz de escolher suas vítimas a dedo e matá-las de forma surpreendente.
Percorra toda a Floresta Amazônica e descubra todos os detalhes ocultos a respeito da lenda do Mapinguari, um monstro exótico e fascinante.
Embarque numa aventura para a Terra do Tio Sam e descubra todo o suspense que envolve o curioso Homem-Mariposa.
O conteúdo deste livro pode lhe arrebatar a outro mundo, onde os acontecimentos do cotidiano misturam-se ao sobrenatural. E tome cuidado! Depois dessa experiência, você pode descobrir que nem tudo é aquilo que parece ser. Boa viagem!

Lançamento oficial 25 de Setembro de 2013, na IV FLIMAR Festa de Literária de Marechal Deodoro. (http://4flimar.blogspot.com.br/)

Autoria: Debora Gimenes
Editor: Gustavo Gonçalves
Editora Navras Digital
ISBN - 13: 98-14.922.24.211
Preço de Capa: R$ 23,00 com frete incluso

Outras Informações:
Capa: Eddy Khaos
Diagramação: Gustavo Gonçalves
Revisão, prefacio e texto da capa: Sandra Franzoso
Formato Poket
Página do livro no facebook: https://www.facebook.com/contosdadebby?fref=ts


Pareceria com Arca Literária: http://www.arcaliteraria.com.br/2013/08/23/do-real-ao-imaginario/ https://www.facebook.com/EditoraNavras/app_206803572685797

25/07/13

evento AMOR & SANGUE dia 10 de agosto

AMOR & SANGUE

Como Amar um imortal? O medo é um afrodisíaco? Vampiro sedutor ou lobisomem feroz? Possessão ou entrega? Respostas e perguntas instigantes na mesa-redonda com Adriano Siqueira,Eric NovelloGeorgette SilenGiulia Moon e Walter Tierno. Participação do vlogueiro Danilo Leonardi e do jornalista Marcelo Rafael.

Auditório da livraria Saraiva no Shopping Center Norte.
Sábado, 10 de agosto de 2013, a partir das 15 horas.
Ao final da mesa redonda serão sorteados livros e brindes e, após o evento, haverá uma sessão de autógrafos com venda dos títulos dos autores participantes.


19/07/13

assista a entrevista - Adriano Siqueira no Programa TV Unesp

Olá segue entrevista com Adriano Siqueira, convidado no Programa TV Unesp - Cine Podium -

18/07/2013 - Vampiros




18/07/13

Dia dos Vampiros - Convite

Neste ano o dia dos vampiros será no dia 10 de agosto de 2013 (sábado) contamos com a presença de todos.



Segue abaixo texto da Liz Vamp sobre o evento.


Para quem ainda não conhece a lei número 430/2002, abaixo postarei o projeto de lei do Dia dos Vampiros. Oficialmente todo 13 de agosto é Dia dos Vampiros na capital paulista. Atualmente, tal como o Halloween ou a Zombie Walk, o Dia dos Vampiros está tomando maiores proporções e sendo celebrado em outras cidades do Brasil e do mundo. O que difere este “Dia”, dos citados, é que além de nos divertirmos muito, ajudamos a salvar várias vidas doando o nosso sangue.

Como começou?

Sempre quis aliar os meus dons artísticos a ações sociais relevantes.
Em 2002 comecei uma Campanha social intitulada: Dia dos Vampiros.
A Campanha visa a “ação”, a formação de cidadãos pró-ativos e defende valores sociais e humanitários essenciais:

-Incentivo à Doação de Sangue
-Luta Contra Rótulos e Discriminações (pessoas que julgam a aparência de outras pessoas e as “rotulam” e discriminam como se fossem produtos)
-Incentivo à Diversidade Artística

Levei a ideia ao Vereador José Laurindo que o transformou em projeto de lei, posteriormente aprovado pela Câmara.

Agradeço muito a coragem deste vereador, pois é óbvio que como existiram, sempre existirão pessoas que julgarão o “Dia” e a Campanha pela “capa”, ou seja, pelo Título. Julgarão por maldade ou pelo simples e macabro prazer de julgar sem interesse em conhecer.
E assim fabricarão argumentos para maldizerem o político ou a minha pessoa.

Deixo claro que o título foi criado porque além dos vampiros serem seres ficcionais absolutamente envolventes, como uma das causas defendidas pela data é a doação de sangue, e eles estão diretamente ligados a este precioso líquido, chamaríamos mais atenção à causa vital.
É a ficção dos vampiros ajudando a nossa carente realidade.

Foi o que aconteceu. Com a Campanha social do Dia dos Vampiros chegamos a bater o recorde em doações voluntárias de sangue do maior hemocentro da América Latina.

Ano a ano a Campanha está crescendo. Não nos encontramos para reivindicar, nos encontramos para agir. Para doar o nosso sangue e abastecer os hemocentros, que abastecem os hospitais. A maioria dos participantes comparecem à caráter na Campanha, no melhor estilo, vampírico, gótico, ou de personagens ficcionais. Nos vestimos assim por dois motivos:

Para provar que “na aparência física não está tatuada a índole de um ser”, pois nos vestimos de “monstros” e ajudamos a salvar vidas.

E simplesmente porque é mais divertido e alavanca a outra causa: Diversidade Artística.
Homenageando personagens do “Universo Fantástico” já existentes, ou criando os nossos próprios, estamos deixando claro que existem mais opções de cultura e entretenimento do que a potente mídia fartamente divulga.

Apenas sinto uma única falta. Já que é lei na cidade de São Paulo e que esta Campanha já provou ser bem sucedida. Já que todo ano frequentemente escutamos casos de mortes de pessoas por falta de determinados tipos sanguíneos nos hospitais. Já que o preconceito e discriminação infelizmente ainda continuam firmes e fortes e não possuímos diversidade artística de forma adequada, é de extrema necessidade que a prefeitura passe a apoiar a Campanha.

Como disse, comecei em 2002, como “iniciativa cidadã”, só que após mais de uma década e recordes em doações voluntárias de sangue batidos, a Campanha, cuja data é lei em São Paulo, ainda continua sendo realizada desta forma.

Ano a ano mais cidadãos conscientes passam a fazer parte integrante e essencial da Campanha, mas não temos apoio estrutural nenhum. NÃO QUEREMOS DINHEIRO! Praticamos a solidariedade por legítimo amor ao próximo.
Queremos apenas estrutura de som adequada para que os nossos artistas, músicos, performers e etc... possam doar um pouco de sua arte de maneira digna. Isto é “NADA” comparado aos ganhos públicos propiciados pela execução da Campanha, e certamente não oneraria os cofres públicos.
Sim! Felizmente temos vários artistas competentes que ano a ano se oferecem para tocar/cantar/dançar e etc.. gratuitamente!

Temos editoras e escritores que doam livros e empresários(as) que doam belos objetos para sorteio entre os participantes/doadores durante a Campanha.

E fazem isto somente por serem pessoas solidárias, conscientes, e desejarem apoiar, somarem forças às importantes causas.

São Paulo investe tanto dinheiro dos cofres públicos para contratar “artistas” e bancar “entretenimentos caríssimos” para a população. E esta Campanha, que além de oferecer entretenimento e cultura, está contribuindo com ações pontuais e eficazes para salvar vidas, não possui sequer um caminhão de som e seguranças para estarem embaixo do MASP no dia.

Lembrando que a Campanha deste ano(2013) em São Paulo será realizada no dia 10 de agosto, porque cairá no sábado mais próximo do dia 13/08 que é o dia oficial.
Realizarmos no sábado facilitará a participação de estudantes e trabalhadores.

Aos interessados, fiquem atentos! Amanhã ou depois de amanhã abriremos o evento no Facebook. Será essencial e um grande prazer contar com mais integrantes!
Lei:
Fonte: Diário Oficial de São Paulo (D.O.M.; São Paulo, 48 (166), quinta-feira, 4 de setembro de 2003)

http://goo.gl/DuRwB

Em 2013 a Campanha do Dia dos Vampiros será realizada na cidade de São Paulo no sábado, dia 10 de agosto. O encontro será pontualmente às 10:00hs da manhã no Vão Livre do MASP. Lembrando que realizamos a Campanha social durante o dia, porque o hemocentro público que doamos sangue não funciona na parte da noite.
Estamos decidindo detalhes sobre a festa comemorativa na parte noturna.

Texto By : Liz Marins Liz Vamp

16/07/13

Adriano Siqueira Teaser do programa na TV Unesp

Olá Pessoal,

Vejam o Teaser sobre o programa da TV Unesp sobre vampiros com a participação do Autor e Colecionador Adriano Siqueira



08/07/13

Na Tv Unesp



Proteja seu pescoço, traga seu crucifixo e um bom alho, porque os vampiros invadiram a TV Unesp!
A coordenadora de Produção da TV Unesp Tathiana Saquetto e a produtora Patricia Basseto recebem o escritor Adriano Siqueira.
O programa vai ao ar no dia 11 de julho de 2013 as 22:00 e pode ser visto online aqui no site através do link www.tv.unesp.br/noar e depois estará disponível no youtube. -
veja a notícia neste link http://www.tv.unesp.br/noticia/2434

abraços
Adriano Siqueira
siqueira.adriano@gmail.com
https://www.facebook.com/adriano.siqueira

12/06/13

escritores no Gallifrey Con

Os escritores Renato A. AzevedoGiulia MoonGeorgette Silen e Adriano Siqueira estarão no Gallifrey Con
Horário 10h às 18h - Data 15/06/2013
Rua São Joaquim, 381 - São Paulo, SP - ingresso na porta R$ 25,00
https://www.facebook.com/events/243632622440571


16/05/13

Adriano Siqueira na Caravana de escritores - 17 e 18 de maio

Acontece nos dias 17 e 18 de maio o Papo Aberto: Literatura, que contará com a presença de Georgette Silen e Adriano Siqueira e outros



15/05/13

Livro Adorável Noite - 2 anos

Neste mês o livro Adorável Noite faz 2 anos de vida e eu agradeço muito todos os amigos, leitores e principalmente a Editora Estronho que publicou este meu primeiro livro solo. Agora em e-book o Adorável Noite pode ser adquirido neste link - http://editora.estronho.com.br/index.php/adoravel-noite




02/05/13

Lançamento Roberto de Sousa Causo - GLÓRIA SOMBRIA A PRIMEIRA MISSÃO D­O MATADOR


.
.
.

Clique na imagem para ampliar:




GLÓRIA SOMBRIA

A PRIMEIRA MISSÃO D­O MATADOR

Título: Glória Sombria: A Primeira Missão do Matador
Autor: Roberto de Sousa Causo
Capa e ilustrações internas: Vagner Vargas
Editora: Devir Livraria, selo Pulsar
Número de páginas: 176.
ISBN: 978-85-7532-516-2
Preço: R$ 29,50

ROBERTO DE SOUSA CAUSO

“Talvez um dos melhores escritores da ficção científica brasileira da atualidade.”
—Ronaldo Bressane


Transferido para a Esfera, onde os humanos e membros de diversas raças alienígenas são fustigados por naves-robôs, o Tenente Jonas Peregrino enfrentará não apenas os seus próprios limites, mas as divisões internas dentro das Forças Armadas.

Peregrino era só mais um oficial júnior da Patrulha Colonial no distante século 25. Sua carreira parecia condenada à mediocridade, até que seu talento para o planejamento de operações especiais chamou a atenção do comandante máximo da Esquadra Latinoamericana na Esfera, a maior área em conflito que a humanidade encontrou em seu avanço pelos braços da Via Láctea.

Enquanto os obstáculos se acumulam, é preparada a primeira missão do matador trazido para a Esfera: formar uma nova unidade de elite, os Jaguares, e evacuar um planeta duplo ameaçado de destruição total pelos tadais — alienígenas implacáveis que nunca mostram a sua verdadeira face.
Mas como ser um matador, se o inimigo se esconde atrás de enxames de naves-robôs?

Comandados por Jonas Peregrino, os Jaguares partem para Tukmaibakro, o sistema estelar onde eles serão testados até ao limite das suas forças, e de seu senso de dever e honra.

Elogios Antecipados a Glória Sombria:
“Glória Sombria é o ótimo início de uma saga épica protagonizada por Jonas Peregrino, herói de perfil clássico (vale dizer: honrado e incorruptível), seguindo seu destino numa esfera de civilizações em expansão. O conflito com os tadais é intenso, mas não é o único. Outros, de natureza moral, cercam o matador-peregrino, pondo à prova sua inteligência e integridade. Enfim, um herói para tempos sombrios, com o qual os leitores gostarão de se identificar.”
—Nelson de Oliveira, premiado autor de Poeira: Demônios e Maldições

"Causo, um dos grandes nomes da FC hard brasileira, nos conduz por uma trama envolvente nas profundezas da Via Láctea. Glória Sombria prende o leitor da primeira à última página enquanto o herói se envolve em batalhas espaciais, disputas políticas e o jogo do poder em uma força militar do futuro. Um digno sucessor de Tropas Estelares de Heinlein e de Guerra sem Fim de Haldeman."
—Jorge Luiz Calife, autor da Trilogia Padrões de Contato e de Angela entre dois Mundos

O INÍCIO DE UM ÉPICO DA FICÇÃO CIENTÍFICA

Cronologicamente, Glória Sombria é a primeira aventura de Jonas Peregrino na série As Lições do Matador, que existe como histórias mais curtas, desde 2009. Essas aventuras do personagem, ambientadas num momento posterior da sua trajetória, têm aparecido em antologias de destaque como Futuro Presente (2009), organizada por Nelson de Oliveira; Assembleia Estelar (2010, também pela Devir), organizada por Marcello Branco (2010); e Space Opera II (2012), organizada por Hugo Vera & Larissa Caruso. Há mais histórias no prelo.

Com a Devir, outros romances se seguirão, em um projeto original que aposta na maturidade do mercado para ficção científica brasileira. O próximo lançamento já tem título: Mestre das Marés, programado para 2014.

Glória Sombria e demais as histórias d’As Lições do Matador fazem parte de um conhecido subgênero da ficção científica, a space opera, um das tradições mais identificadas com o gênero.
Basta pensar em Jornada nas Estrelas, Guerra nas Estrelas, Babylon 5, Galactica e outras produções de cinema e TV.

SITE PROMOCIONAL
GALAXIS: CONFLITO E INTRIGA NO SÉCULO 25

Para divulgar Glória Sombria e a série As Lições do Matador (e sua série paralela, Shiroma, Matadora Ciborgue), a Devir, em parceria com a Aquart Creative do artista Vagner Vargas, desenvolve o site promocional GalAxis: Conflito e Intriga no Século 25., que já pode ser visitado em sua versão beta.

Em GalAxis o leitor encontrará material visual exclusivo, relações de todas as histórias já publicadas, personagens, povos alienígenas, especificações de veículos e armamentos, promoções e outros textos e imagens que expandem o universo das duas séries.

Em www.galaxis.aquart.com.br

SOBRE O AUTOR

“Causo é prolífico e sua obra é variada... Um promotor incansável da ficção científica e da literatura de gênero no Brasil, o trabalho de Causo exemplifica o foco nacional da Segunda Onda [da Ficção Científica] do Brasil.”
—The Encyclopedia of Science Fiction

Roberto de Sousa Causo é autor dos romances A Corrida do Rinoceronte e Anjo de Dor, e das
novelas premiadas Terra Verde (III Festival Universitário de Literatura) e O Par (Projeto Nascente 11). Suas histórias de ficção científica e fantasia apareceram em onze países, incluindo Cuba, França, Grécia, Portugal e Rússia. Vive em São Paulo com esposa e um filho. Visite o site do autor em http://robertocauso.com.br

Devir Livraria: “Líder em ficção científica”
Rua Teodureto Souto, 624 - Cambuci - São Paulo-SP, CEP 01539-000
Fone: (0__11) 2127- 8787 - horário comercial
Mais informações: marialuzia.devir@gmail.com
Visite o nosso site: http://www.devir.com.br/ 

08/04/13

Adriano Siqueira estará na 2ª ODISSEIA DE LITERATURA FANTÁSTICA DE PORTO ALEGRE - RS


.
.
.
.
Convite - 

Autor Adriano Siqueira estará na 
2ª ODISSEIA DE LITERATURA FANTÁSTICA DE PORTO ALEGRE - RS



Vamos lá pessoal Estarei esperando vocês! :-)
Abraços e tenham uma Adorável Noite

Adriano Siqueira

para mais detalhes sobre este evento visite: 

04/04/13

Adriano Siqueira no evento bagunça literária SP


Olá Pessoal
Estarei no evento Bagunça Literária em São Paulo 2013 no dia 06 de abril ás 18hs
Noite de autógrafos e livros para adquirir.
Passem por lá.


Endereço:

Bar Pier 1327
Rua Joaquim Távora, 1327, São Paulo


Abraços e tenham uma adorável noite.
Adriano Siqueira












18/03/13

DEVIR LANÇA CONCLUSÃO DA SAGA DE ENDER, MILTIPREMIADA SÉRIE DE QUATRO ROMANCES DE FICÇÃO CIENTÍFICA

.
.
.
.
.
.

DEVIR LANÇA CONCLUSÃO DA SAGA DE ENDER,
MILTIPREMIADA SÉRIE DE QUATRO ROMANCES
DE FICÇÃO CIENTÍFICA



OS FILHOS DA MENTE

Orson Scott Card
Autor de O Jogo do Exterminador e Orador dos Mortos

­­

Título: Os Filhos da Mente
Titulo Original: Children of the Mind
Autor: Orson Scott Card
Tradução: Sylvio Monteiro Deutsch
Capa: Vagner Vargas
Número de páginas: 352
Formato: 14 x 21 cm
Editora: Devir Livraria, Selo Pulsar
ISBN: 978­85­7532­518­6
Preço: R$ 42,50

“Cada volume da Saga de Ender inclui parte da escrita
mais pungente e brilhante da década.”
—Interzone (Inglaterra)

É finalmente lançado no Brasil Os Filhos da Mente, romance que encerra a
multipremiada “Saga de Ender”, iniciada com os sucessos internacionais O Jogo do
Exterminador (mais de três milhões de exemplares vendidos no mundo) e Orador dos
Mortos, dois romances ganhadores dos principais prêmios da ficção científica: o Hugo e
o Nebula.

O ano de 2013 marcará o lançamento da aguardada adaptação cinematográfica de O
Jogo do Exterminador, um filme de Gavin Hood (diretor de X-Origens: Wolverine
e O Suspeito), com produção de Summit Entertainment, K/O Products e Odd Lot
Entertainment, distribuição da Lionsgate e estreia prevista para dezembro. (Veja mais
em http://www.imdb.com/title/tt1731141)

Os Filhos da Mente traz o planeta Lusitânia, colonizado por brasileiros, onde o herói da
saga, Andrew “Ender” Wiggin, forjou uma situação em que humanos, pequeninos e a
Rainha da Colmeia podem viver juntos.

Nesse planeta, as três espécies inteligentes, tão diferentes entre si, podem finalmente
encontrar um terreno em comum. Mas Lusitânia também sustenta o descolada, vírus que
mata todos os humanos infectados por ele, mas que os pequeninos necessitam para a sua
reprodução. O Congresso das Vias Estelares teme seus efeitos como arma de destruição
em massa, se o vírus se espalhar pelos Cem Mundos a partir de Lusitânia. Por isso,
envia uma esquadra de naves equipadas com “o Doutorzinho”, uma arma de destruição
planetária. A Esquadra está a caminho, e o segundo xenocídio (o genocídio de uma
espécie alienígena) parece inevitável.

Jane, a inteligência artificial que é a aliada mais poderosa de Ender, também está na
mira do Congresso, depois de ser descoberta pelas autoridades vivendo nas redes de
computadores que unem os Cem Mundos. Apenas Jane pode salvar o planeta. Ela
descobriu como transportar naves de Fora do Universo e instantaneamente retorná­las
em um local diferente, superando o limite da velocidade da luz.

Enquanto isso, dois seres criados inadvertidamente por Ender — réplicas dos seus
irmãos Peter e Valentine — correm contra o tempo para descobrir um meio de deter a
Esquadra e salvar Jane.

Em Os Filhos da Mente, Orson Scott Card alia sua poderosa imaginação, perfeita
técnica narrativa e domínio do enredo, com um raro conhecimento da condição humana.
Uma ficção científica de ideias e de emoções, que prova que a especulação filosófica e
científica pode ser tão instigante quanto a ação física.

Esta edição de Os Filhos da Mente conta com arte de capa de Vagner Vargas (http://
www.vagnervargas.com.br), o mais experiente ilustrador brasileiro de ficção científica.

Os Filhos da Mente é um dos principais lançamentos da Devir em 2013, dentro do
selo Pulsar, com mais de 15 títulos da mais significativa ficção científica nacional e
internacional.

Sobre o autor:

Orson Scott Card é um premiado e popular autor de ficção científica e fantasia, cuja
carreira começou em fins da década de 1970 — estréia coroada com o Prêmio John W.
Campbell Jr. de Melhor Autor Novo em 1979. Seus livros da Saga de Ender alcançaram
enorme popularidade internacional, e O Jogo do Exterminador motivou — além
dos Prêmios Hugo e Nebula — um Prêmio Edwards, da Associação Americana de
Bibliotecas, por sua contribuição à literatura para jovens nos Estados Unidos. Sobre
Card, Isaac Asimov escreveu: “Não vi ninguém que alcançasse a popularidade de Orson
Scott Card, seja com leitores ou críticos, desde Robert Heinlein em seu auge, quarenta
anos atrás.” Card, que já viveu no Brasil, mora atualmente na cidade de Greensboro,
Carolina do Norte. Dele a Devir já publicou no selo Pulsar O Jogo do Exterminador e
Orador dos Mortos.

Elogios a Os Filhos da Mente:

“Este é um final digno do que poderia ser chamado de uma saga da evolução ética da
humanidade, um conceito raramente tentado antes e nunca realizado com o sucesso que
Card alcança.”
—Booklist

“[Os Filhos da Mente] é filosófico a respeito do propósito e do sentido da vida
inteligente, da interconexão de todas as coisas, e do poder do amor.”
—Publishers Weekly

Elogios a O Jogo do Exterminador e Orador dos Mortos:

“O Jogo do Exterminador é um romance comovente e cheio de surpresas que parecem
inevitáveis depois que são explicadas.”
—The New York Times Book Review

“Card compreende a condição humana e tem coisas de real valor a dizer a respeito dela.
Ele conta a verdade bem — no fim das contas, o único critério de grandeza. O Jogo do
Exterminador ainda estará descobrindo novos leitores quando noventa e nove por cento
dos livros publicados neste ano estiverem completamente esquecidos.”
—Gene Wolfe

“Uma história brilhante, contada de uma maneira tão ágil que não conseguimos
parar para pensar... Card é importante porque o que ele diz é importante... E Card é
importante por causa da habilidade de sua escrita, que parece ser clara e aberta, mas que
é deliberadamente concebida para sacudir nossas mentes e o faz espantosamente bem.”
—John Clute, The Illustrated Encyclopedia of Science Fiction

“Menos impetuoso que O Jogo do Exterminador, Orador dos Mortos pode ser um livro
muito melhor. Não perca!”
—Analog: Science Fiction and Fact

“O trabalho mais poderoso que Card produziu, Orador não apenas completa O Jogo do
Exterminador, ele o transcende... Altamente recomendado para leitores interessados nas
complexidades e ambiguidades culturais que os melhores romances de ficção científica
exploram.”
—Fantasy Review

“[Orador dos Mortos] se beneficia de uma crescente unidade dramática e de um pano de
fundo bem desenvolvido.”
—Booklist

Devir Livraria: “Líder em ficção científica, fantasia e horror”
Visite o nosso site: http://www.devir.com.br 

Adorável Noite